fbpx
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Descomplicando Transmissões ao Vivo: Como Fazer Uma Live?

Se as lives já estavam tomando espaço, a pandemia abriu ainda mais o caminho para as transmissões ao vivo. A impossibilidade de realizar eventos, seminários e shows pessoalmente, transformou as transmissões ao vivo na única opção para se unir a pessoas de várias partes do mundo.

Sabendo de tudo isso, nós da Alta Performance decidimos descomplicar de vez a forma de fazer uma transmissão ao vivo. No post de hoje, vamos trazer dicas que vão te transformar em um(a) expert das lives.

Vem com a gente!

Como fazer transmissões ao vivo profissionais?

Existem alguns nomes que não podem ficar de fora: câmera, microfone, placa de captura, conexão à internet, encoding e broadcasting.

Câmera

Pode ser uma câmera profissional ou até mesmo a webcam, o importante é que a imagem transmitida seja de qualidade. Não se pode esquecer da iluminação, que faz toda a diferença na captura de imagem.

O ambiente escolhido para ser palco da transmissão precisa estar equipado com boa iluminação, seja ela artificial ou natural.

Microfone

Na hora de começar uma transmissão ao vivo, é importante ter certeza de que o público está te ouvindo com clareza. Então, caso você não possa contar com a própria câmera para fazer a captura do áudio, um microfone é uma boa pedida.

Placa de captura

É ela quem faz a transferência da imagem da câmera para o computador. As câmeras de hoje em dia já vêm equipadas com uma saída HDMI, RCA ou SDI, então não é mais tão complicado assim conectá-las ao computador.

Agora, se o seu computador não possuir uma placa de captura nativa, ou seja, já vir equipado com ela de fábrica, não precisa se preocupar! É possível adquirir uma externa, que vai ser ligada à câmera e ao computador ao mesmo tempo.

Conexão à internet

Reza a lenda de que é possível fazer uma transmissão ao vivo usando dados móveis. De fato, sim, é possível, mas tenha certeza de que em algum momento vai contar com instabilidade de sinal.

Então, como absolutamente ninguém gosta de assistir algo que sai do ar o tempo todo, é importante que o computador escolhido para fazer a transmissão conte com uma internet cuja velocidade aguente fazer a transmissão sem problemas.

Encoding e Broadcasting

Nomes complicados, né? Mas acredite, não tem nada de complicado no conceito de cada um.

A câmera que captura a imagem transmite um sinal no formato bruto. O encoding é transformar esse sinal bruto transmitido pela câmera em um sinal adequado para transmissão na internet, fazendo com que a imagem e o som consigam chegar aos internautas.

Existem diversos programas disponíveis para realizar o encoding.

Para que uma transmissão ao vivo seja feita, é preciso que o sinal seja transmitido na internet, certo?

É exatamente isso que é o broadcasting; quando os servidores de streaming, ou seja, a plataforma escolhida para fazer a transmissão, pegam esse sinal que foi transformado no encoding e distribuem na internet.

Geralmente, os programas que fazem encoding contam com uma estrutura que faz a conexão com a plataforma de streaming que vai transmitir a live.

Transmissões ao vivo nas redes sociais

O isolamento social popularizou ainda mais as transmissões ao vivo feitas nas redes sociais. Seja no Facebook, Youtube ou Instagram, virou quase que rotineiro abrir uma delas e encontrar alguma notificação sobre lives ou várias delas na barra de stories do Instagram.

Se você não está procurando por algo muito profissional e quer algo mais prático, nós vamos te explicar de maneira fácil e rápida o quão simples é fazer lives em qualquer uma das queridinhas e mais famosas redes sociais.

YouTube

De antemão, é importante lembrar que a plataforma só permite transmissões ao vivo para canais com mais mil inscritos.

Se você se encaixa no requisito, vamos ao que interessa!

O YouTube permite fazer lives tanto por celulares e tablets como por desktops e notebooks.

Para fazer uma live pelo celular ou notebook, é preciso abrir o aplicativo logado na sua conta e ir até o ícone da filmadora. Ao clicar nele, vão aparecer algumas opções. Escolha o “ao vivo” e você vai ser direcionado para uma página em que vai precisar colocar informações sobre a live. O título é requisito obrigatório.

Preencheu todas as informações? Adicione uma miniatura (thumb) e clique em transmitir ao vivo!

Vai fazer pelo notebook ou desktop?

O processo é quase o mesmo. Você abre o site do YouTube com a sua conta logada, clica no ícone da câmera e seleciona a opção “ao vivo”. Daí, vai ser direcionado para o YouTube Studio. Lá você vai fazer as mesmas configurações do aplicativo e pode dar início à transmissão.

Facebook

Essa rede social também é muito utilizada para fazer transmissões ao vivo e não podia ser mais simples.

Assim como o YouTube, o Facebook também disponibiliza a opção de fazer transmissões por celulares e tablets ou por desktop e notebook.

Para fazer a transmissão pelo celular ou tablet, você precisa abrir o aplicativo do Facebook e lá na barra de status “No que você está pensando?” e selecionar a opção “Ao vivo”.

Pelo notebook ou desktop, é preciso abrir o site do Facebook, ir até a mesma barra de status e clicar nos três pontinhos. Feito isso, é só selecionar “Vídeo ao vivo” e você será direcionado para a página onde vai poder fazer todas as configurações antes de fazer a sua transmissão.

Instagram

Se você achou que fazer uma live pelo Facebook e YouTube é fácil, vai se surpreender com a simplicidade de fazer uma live pelo Instagram.

A rede social não disponibiliza a opção de usar o desktop ou notebook para fazer uma live, assim como também não permite a atualização dos stories por esses dispositivos.

Então, você vai precisar de um celular ou tablet com o aplicativo do Instagram.

Com o aplicativo aberto, é só deslizar o display para a direita ou clicar no ícone de atualização dos stories. A opção fica logo ao lado do “Story”. Quando sua transmissão está no ar, você conta com recursos especiais, inclusive a possibilidade de fazer a live com mais uma pessoa clicando no ícone com dois rostos.

Contudo, o Instagram limita o tempo de transmissão para até uma hora. Se quiser ficar mais tempo, é só começar outra transmissão.

Viu como é simples?

Agora você não precisa ter medo de fazer tudo errado durante sua transmissão ao vivo. É só seguir o passo a passo e as dicas que deixamos aqui que tudo vai dar certo.

Ah! Que tal dar uma passadinha no nosso site e conhecer o trabalho da Alta Performance? Nós somos especialistas em sucesso nesse mundo digital!

Deixe um comentário

entre em contato
com a gente.

City Offices – Sala 223
SIG Lotes 420, 430 e 440, EPIG, Brasília – DF
Tel: (61) 9912-3045
[email protected]

©2020 Alta Performance. Todos os direitos reservados.

ACESSO À PLATAFORMA EAD - ÁREA DO ALUNO

ACESSO À PLATAFORMA EAD - ÁREA ADMINISTRATIVA

Open chat