fbpx
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Branding para Produtos Digitais: Como construir uma marca?

A internet se tornou uma ferramenta indispensável no nosso dia a dia. Para muito além das informações e notícias em tempo real, ela abriu espaço para o surgimento de grandes negócios e para a venda de produtos digitais que, diante do cenário mundial, acabaram se tornando a única opção para quem quer fazer as conhecidas “compras”,  

Todas essas plataformas e meios digitais disponibilizados, fizeram com que as marcas expandissem as maneiras de se comunicar com o público. Elas precisaram alinhar toda a sua comunicação a todos os meios que seus consumidores acessam.  

Foi assim que surgiu o Branding Digital. Os fundamentos do branding migraram para o meio digital e se adaptaram ao desenvolvimento de marcas totalmente digitais. 

É sobre isso que vamos falar nesse post. Então, se você está interessado em desenvolver uma marca totalmente digital ou está querendo migrar a sua para a internet e imergir de vez nesse mundo, esse post é para você. 

Vamos lá! 

O que é branding digital? 

O branding se trata da fazer a gestão de uma marca para desenvolvê-la. Ele desvenda a sua marca e qual o propósito dela. Em outras palavras, o branding mostra para o público a sua personalidade.  

O digital branding pega este conceito e o aplica as tecnologias, ferramentas e mídias digitais. Todas as ações voltadas para mostrar quem é a marca, seu objetivo e sua personalidade são adaptadas para o ambiente digital e os consumidores que estão presentes em todos os cantos dele.  

Ele trabalha juntamente com o marketing digital, uma vez que o objetivo deste é colocar em prática ações que tornem determinada marca relevante e impulsionar o negócio.  

 

Como fazer o branding digital? 

Uma vez que o branding digital segue os mesmos princípios do branding tradicional, porém adaptados ao meio digital, colocar o branding digital em prática também segue os mesmos passos desse branding tradicional adaptados ao meio digital: elaboração das personas, voz tom da marca, identidade visual, visibilidade, produção de conteúdo, tecnologias e avaliação de métricas.  

Vamos explicar passo a passo abaixo e como eles são aplicados.  

Construção de Personas

Antes de colocar sua marca em ação, você deve definir quem ela é e quem é o cliente. Para fazer essa definição, existem os conceitos das personas. 

brand persona é a persona da marca. Ela leva em consideração a visão, missão e os propósitos da sua marca para criar uma persona que represente tudo isso para o cliente alvo. 

buyer persona é a persona do cliente. Ela define quem é o cliente ideal para a sua marca de acordo com quem ele é, onde ele se encontra e os seus objetivos. Quando você coloca o seu cliente ideal como uma pessoa, você consegue definir os próximos passos para chegar até ele.  

Essas duas personas são essenciais para definir a identidade da sua marca.  

Voz da Marca 

Para promover um bom diálogo entre marca e cliente ideal é preciso definir a voz e o tom da marca. Tudo escolhido de acordo com a buyer persona, ou seja, o cliente ideal.  

A voz da marca pode ser amigável ou mais séria. O tom pode ser mais informativo. Tudo vai depender de quem é o seu cliente ideal e como a sua marca precisa se expressar nas situações que o envolvem.  

 

Identidade Visual  

A identidade visual da marca remete à estética. Essa estética se tornou importante para que um produto ou serviço se destaque dos concorrentes e atraia os consumidores.  

A identidade visual parte de elementos como cores, tipografias e itens que são aplicados dentro de cada canal escolhido para a marca estar presente. Da mesma forma que a voz e o tom da marca, a identidade visual deve levar em conta o cliente ideal para adquirir um visual que se expresse de acordo com ele e o atraia.  

Visibilidade e Produção de Conteúdo 

Quando elaboramos a persona do cliente ideal nós definimos onde ele se encontra e assim é definido os canais digitais em que ele se encontra.  

É exatamente nesses canais que a sua marca deve estar presente, podendo ser o site da marca ou as redes sociais.  

Para a sua marca ser vista pelo cliente ideal, ela precisa estar onde ele está. 

Uma vez que os meios digitais foram definidos, é hora de pensar no conteúdo que será veiculado neles.  

produção de conteúdo também precisa estar aliado com a buyer persona. Ela precisa reconhecer nele um objetivo, um desejo, uma solução para um problema e é isso que vai leva-la até o processo final de adquirir o produto distribuído pela sua marca.  

Esses conteúdos não precisam ser somente textos. Conteúdos em vídeo para o Instagram, por exemplo, também são de suma importância. Nos dias de hoje, em que as redes sociais ganharam um espaço maior, é possível encontrar uma grande maioria de clientes ideais nelas.  

 

O branding digital não é algo estático. Ele é dinâmico e acontece constantemente. Por esse motivo, é necessário um monitoramento constante. 

 Ficar de olho nas métricas, ou seja, nos dados importantes é imprescindível para esse monitoramento. Uma vez que são elas que vão dizer o que está dando certo e do que pode ser melhorado em todo o processo de branding.  

Siga os passos que explicamos acima, faça a manutenção constante de cada um dos pontos e não se esqueça de que investir tempo nesse trabalho não é desperdício.  

O Digital Branding é imprescindível para o sucesso da sua marca nessa nova era digital! 

Deixe um comentário

entre em contato
com a gente.

City Offices – Sala 223
SIG Lotes 420, 430 e 440, EPIG, Brasília – DF
Tel: (61) 9912-3045
[email protected]

©2020 Alta Performance. Todos os direitos reservados.

ACESSO À PLATAFORMA EAD - ÁREA DO ALUNO

ACESSO À PLATAFORMA EAD - ÁREA ADMINISTRATIVA

Open chat